Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Amizade’

Bom dia Rosa, tudo bem!?

No seu aniversário precisávamos fazer alguma coisa especial, logo pensamos em fazer uma declaração em meu Blog, uma vez que você é uma pessoa “MUITO” especial na vida da nossa família.

Você não sabe e não têm ideia de como é difícil te desejar felicidades, uma vez que todos os dias da sua vida parecem ser felizes, especiais e únicos, afinal, com esse sorriso que sempre ronda teus lábios parece ser redundando te desejar felicidades, mesmo sabendo que todas as rosas possuem seus espinhos, seus dias sem água, seus dias de muito calor e dias que o predador que roubar suas lindas pétalas.

Mas você é forte, mulher guerreira, mãe companheira, esposa parceira, amiga para todas as horas, coração mole, dura nos conselhos, pessoa que têm o espírito iluminado que transmite luz para quem esta ao seu redor.

Às vezes me ponho a imaginar, de onde vem tanta alegria, força espiritual acumulada em uma só pessoa. Em vez de ganhar presentes e parabéns, você deveria sim dar um jeito de nos ensinar a fórmula de tanta felicidade e força de viver. Quem te conhece sabe de onde vem tudo isso… Como você é muito generoso, acabaria se divertindo muito vendo todos à sua volta com um belo sorriso no rosto.

Já passamos momentos bons e ruins juntos, amigos “VERDADEIROS” são aqueles que se distanciam quando o vento está a favor e retornam quando o vento está contra, só para te ajudar a remar.

Fizemos algumas mudanças de escritório juntos, já te vimos chorar (muito raro) e você já enxugou nossas lagrimas, viajamos para bem longe e já assistimos filmes nas noites de sábado onde viajamos sem sair do lugar, ajudamos e fomos ajudados, confidenciamos e confessamos segredos nos quais só uma mãe poderia escutar… aprendemos com você que ser amigo, não só ir para sua casa nadar na piscina, comer e beber. Ser amigo e segurar na mão e falar bem baixinho “ESTAMOS JUNTOS” e ajudar quando o outro precisa e ser justo e sincero na hora certa.

Seu aniversário sem dúvida merece o maior dos brindes, pois a sua presença é um presente a todos os seus amigos e familiares, seus parentes distantes e os mais chegados e as pessoas que você mais convive.

A verdade é que a sua presença cativante, alegra todos ao seu redor e nesse dia especial do seu aniversário, compartilho esse texto com todos os meus amigos, para que eles possam saber que eu e minha família temos uma exemplo de pessoa ao nosso redor e que podemos contar a qualquer tempo e horário e a recíproca é verdadeira, em gênero, número e grau, como você mesma diz “Ad eternum” Feliz Aniversário de Jefferson Amado, Claudia Amado, Camila Cruz, Bruna Amado, Beatriz Cruz, Alan Amado, Francisca Amado, Juvanilda Amado, Fabio Cruz, Josefa Cruz e Pluto

Abaixo algumas fotos que relata o que mencionei a pouco, sua felicidade e sua abençoada família.

Rosa Dutra - Jefferson Amado

Rosa Dutra – Jefferson Amado

Anúncios

Read Full Post »

Ricardo Schmidt, você sabia que amigos são os melhores irmãos que Deus nos permitiu escolher, por isso, é sempre maravilhoso poder partilhar nossa felicidade com os melhores amigos, eu lhe disse melhores amigos.

Por isto, gosto quando você me liga na parte da tarde falando que esta se divertindo com os amigos ai na Austrália, quando você me liga pelo skype sem identificação e ficamos falando horas a fio, quando me liga e aparece vários números no display do meu celular ou até quando eu não posso te atender. Mas também gostava de te ligar na madruga, mas você ficava preocupado com os seus pais, ai parei de ligar, mas não deixá-lo estressadinho 😀

Legal mesmo é quando nos encontramos e ficamos revivendo o passado e dando risada das diversas loucuras que fizemos juntos e o pior te tudo isto e que não passamos uma vida juntos e sim um período de nossas vidas, MAS que vivemos intensamente e isto é o que realmente interessa.

Ainda hoje, quando trocamos e-mail, damos muitas risadas, ficamos tristes e trocamos experiências de vida juntos e creio que isso sim, seja uma amizade verdadeira.

Logo em uma data tão importante como a data do seu aniversário, eu não poderia apenas lhe passar uma mensagem copiada e colada, eu precisava fazer alguma coisa diferente como sempre o fiz para você…

Então por isto coloquei algumas fotos nossa, para reviver que já passamos juntos… não se preocupe, aquelas da sauna gay eu tirei.

Ricardo Schmidt e Jefferson Amado

Ricardo Schmidt e Jefferson Amado

“Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias sejam constantes em seus dias meu amigo.”

Abraços do seu amigo Jefferson Amado, Claudia Amado e família.

Ah, já estava me esquecendo – “FELIZ ANIVERSÁRIO”

Gostou do texto?

Compartilhe com o seu amado amigo que também esta distante, ele pode estar precisando de uma palavra amiga e morrendo de saudades de vocês.

Fonte: Jefferson Amado
Gestão de Conteúdohttp://www.PublicaConteudo.com.br / Publicação de Conteúdo e Posicionamento web

Read Full Post »

Padrasto, Saudades, Família, Jefferson Amado

Padrasto, Saudades, Família, Jefferson Amado

Sabemos que a partida deste mundo é algo normal e que, de repente, as pessoas vão para um lugar melhor, ao menos é o que dizem, não sabemos se é verdade ou não, pois ninguém nunca voltou para nos contar como são as coisas por lá.

O verdadeiro sentimento neste momento é a saudade, a dor da perda e também o arrependimento por ter falado demais ou, de menos, por não ter visitado outros lugares que o senhor gostaria de ter conhecido (voar balão e avião bi-motor…). Só sei que agora é um momento complicado para quem fica, pois, são os vivos que continuam com a consciência da existência, quanto os que partiram, assim como senhor o fez, deixaram tudo para trás… Mergulharam no amanhã inevitável e completamente maravilhoso.

Talvez, o senhor e outros que já se foram (como o meu querido tio Mauro e o meu avó imortal, que está aqui no meu coração), estejam nos olhando de onde estão, talvez não, um dia saberemos… Talvez esperem que nós mesmos encontremos as respostas para nossas perguntas e, de alguma forma, possamos compreender o que não se pode entender, pois nem tudo nesta vida é para compreendermos, por exemplo: a morte.

A morte, por mais difícil que seja é apenas uma manutenção para nossa existência, ela é o topo de nossa cadeia alimentar, somos devorados a cada ano, mês, dia, hora, minuto, segundo… Por isso, precisamos usar este momento como marco… para mudanças, pois é exatamente o que esta acontecendo, uma drástica mudança na vida de todos da família.

Perder alguém é sempre doloroso para aqueles que ficam, mas talvez para quem parte, não seja tão ruim… Se desprender do magnetismo que nos prende ao solo, as necessidades de materiais para sobreviver neste plano, enfim, a morte também pode ser um anjo libertador da pessoa e também da família, pois quem gosta de ver alguém próximo sofrendo lentamente sem esperanças de cura? Quem? Pode parecer grosseiro, mas Deus foi bondoso como senhor, pois não sofreu muito, pois têm pessoa que sofrem a vida toda, ou até anos.

Acho que é o momento de pensarmos e entendermos que a morte é mais uma passagem, um ingresso para uma nova existência, por isso nosso corpo foi feito com prazo de validade, para não corrermos o risco de passar do tempo necessário para aprendermos o que precisamos aprender.

Ninguém parte na véspera, todos temos o momento certo para seguir mais adiante, sei que às vezes, a morte não parece justa, contudo, neste mundo que vivemos, de caminhos intrincados, tudo acaba seguindo para um único e determinado ponto, agora, é o momento de chorar, de sentir saudade, de se vestir de preto (estou seguindo a risca) de lembrar o que foi dito e o que não foi dito, e ouvir o senhor falando “FALA FILHÃO…” , não podemos esquecer de continuar, pois, como aqueles que partiram, um dia chegará a nossa vez de embarcar.

E também deixaremos muitas pessoas com saudade, pois como todos os seres humanos, somos importantes uns para os outros, no entanto, às vezes, infelizmente esquecemos-nos de dar o devido valor devido aos fatos que nos envolve, até o momento de partir, onde o regresso é apenas uma lacuna possibilidade, por fim… O luto de perder alguém é mais uma saudade, um momento de estar mais próximo, de falar o que se deve ou calar o que não deve dizer.

Mas, tais coisas, infelizmente acontecem para aprender, que não podemos deixar para amanhã o que podemos fazer deste momento em diante.

Saudades do senhor, meu anjo, meu amigo…

Gostou do texto?

Compartilhe com quem esta precisando de uma palavra de conforto, publique no seu mural do facebook, twitter… repasse

Fonte:  Adriano Villa
Adaptações: Jefferson Amado
Gestão de Conteúdo: http://www.PublicaConteudo.com.br / Publicação de Conteúdo e Posicionamento web

Read Full Post »

Jefferson Amado e Luis Fernando Rodriguês

Jefferson Amado & Luis Fernando Rodrigues

Você tem um amigo de verdade?

Existem muitos amigos, mas os amigos verdadeiros ainda são uma raridade e você deve saber muito bem disto.
Um dia desses, enquanto alguns amigos conversavam de forma descontraída, podia-se observar que um deles, em especial, trazia no rosto um semblante calmo, e sua serenidade espalhava um hálito de paz no ambiente.
Logo mais, aquele jovem senhor deixava o recinto para atender alguns compromissos e, com a alma dorida, falava-nos de algumas dificuldades que estava enfrentando.

Qual espinho cravado no peito, a calúnia feita por um falso amigo lhe fustigava a alma. E, apesar de ter o coração dilacerado, ele conseguia exalar perfume ao seu redor, bem tranquilo, sereno e tentando poupando os demais companheiros do seu infortúnio. (conhece alguém assim?)

Falava-nos, com certa tristeza, mas sem rancor, que um amigo maledicente havia espalhado inverdades a seu respeito.
Logo mais estarei com ele e sei que irá me abraçar e até chorar em meu ombro como já o fez. E mesmo sabendo o que ele diz de mim pelas costas, retribuirei o abraço sem nada dizer. – Falava-nos aquele homem nobre.

Não negava que a atitude do amigo o incomodava, mas, em momento algum se deixou levar pelo ódio, pela mágoa ou pelo desejo de vingança.

Amigo é aquele que bebe contigo na horas boas e vai na igreja nas horas não tão boas assim, pq não? É aquele que quando todos querem te deixar de isolado, de lado, ele quer ficar do seu lado; é aquele que quando alguém não te pega na mão, não te cumprimenta, ele quer sim segurar sua, não te deixando isolado; é aquele que quando você cai da moto e o único a te visitar e ainda leva chazinho pra você, faz você sorrir, leva alegria pra sua casa; é aquele que quando você esta precisando de grana, te empresta sem ao menos perguntar se você quer, quem não gostaria de ter um amigo assim? Quem?

Sem dúvida, ter amigos de verdade é o que todos desejamos, mas nem sempre nos propomos a ser amigos verdadeiros.
Perdoar um amigo significa dar-lhe uma prova de amizade, pois quando cometemos algum deslize desejamos que, pelo menos, os amigos nos entendam, nos escutem e nos estendam a mão.

Mas, infelizmente, nem sempre agimos com os amigos da maneira que gostaríamos que eles agissem conosco.
E, no momento que ouvíamos aquele amigo de verdade mostrar tamanha compreensão para com o seu caluniador, lembramo-nos de Jesus.

Quando Judas chegou, trazendo os guardas para o prender, Jesus dirigiu seu olhar compassivo ao traidor e lhe perguntou: A que vieste, amigo?

Jesus não só perdoou o amigo infeliz, como também compreendeu a sua miséria moral. Em outro momento, quando Pedro negou que o conhecia, por três vezes, e se desesperou ao perceber que Jesus o observava, sereno, por entre as grades da prisão, o Mestre o consola:

Pedro, os homens são mais frágeis que verdadeiramente maus. Certamente um afago que Pedro jamais esqueceria… Um amigo de verdade, diante dos maus passos dos amigos, age com compaixão, com piedade, com tolerância, com benevolência…

São amigos assim que fazem falta no mundo… Um amigo que olhe nos olhos, sem nada para esconder… Um amigo que defenda o seu amigo ausente diante de comentários maldosos… Um amigo que não tenha medo de dizer que é amigo…
Que não sinta vergonha de admitir que está com saudades… Que ligue tarde da noite só para saber se o amigo está bem, porque teve um sonho ruim com ele e quer se certificar de que foi apenas um sonho… Que no seu aniversário ligue a meia noite e seja o primeira a te dar os parabéns… Que seja bombeiro na sua vida e na vida da sua família e não o incendiário.

Por tudo isso, vale a pena pensar um pouco sobre esse tesouro que se chama amizade.
E é sempre bom lembrar que não se consegue construir amizades sólidas em bases falsas e mentirosas.

Se você acha bom ter um amigo de verdade, lembre-se de que não se pode só desejar amigos assim, é preciso ser um amigo verdadeiro e correr atrás do seu amigo, se desculpar, passar e-mail, ligar, enviar torpedo… isto se “ELE” realmente vale a pena, se ele já viveu os altos e baixos da vida com você e se ele não é apenas uma amigo de obá-obá, balada, churras…

Amigos são como flores nobres semeadas ao longo do nosso caminho, para que possamos aspirar perfume em todas as estações.

Falei tudo isto para te desejar um Feliz Aniversário e para deixar registrado em meu Blog e agora pra sempre, o quanto eu e minha família gostamos de você.

Feliz Aniversário – 15/12/12
1 Coríntios 13:4-7

Jefferson Amado, Claudia Cruz e Família – (o Pluto faz parte da família)

Read Full Post »

Os excluídos, Jefferson Amado

Os excluídos, Jefferson Amado

Ao contrário do que o título desta crônica possa sugerir, não vou falar sobre aqueles que vivem à margem da sociedade, sem trabalho, sem estudo e sem comida. Quero fazer uma homenagem aos excluídos emocionais, os que vivem sem alguém para dar as mãos no cinema, os que vivem sem alguém para telefonar no final do dia, os que vivem sem alguém com quem enroscar os pés embaixo do cobertor. São igualmente famintos, carentes de um toque no cabelo, de um olhar admirado, de um beijo longo, sem pressa pra acabar.

A maioria deles são solteiros, os sem-namorado. Os que não têm com quem dividir a conta, não têm com quem dividir os problemas, com quem viajar no final de semana. É impossíver ser feliz sozinho? Não, é muito possível, se isso é um desejo genuíno, uma vontade real, uma escolha. Mas se é uma fatalidade ao avesso – o amor esqueceu de acontecer – aí não tem jeito: faz falta um ombro, faz falta um corpo.

E há aqueles que têm amante, marido, esposa, rolo, caso, ficante, namorado, e ainda assim é um excluído. Porque já ultrapassou a fronteira da excitação inicial, entrou pra zona de rebaixamento, onde todos os dias são iguais, todos os abraços, banais, todas as cenas, previsíveis. Não são infelizes e nem se sentem abandonados. Eles possuem um relacionamento constante, alguém para acompanhá-los nas reuniões familiares, alguém para apresentar para o patrão nas festas da empresa. Eles não estão sós, tecnicamente falando. Mas a expulsão do mundo dos apaixonados se deu há muito. Perderam a carteirinha de sócios. Não são mais bem-vindos ao clube.

Como é que se sabe que é um excluído? Vejamos: você passa por um casal que está se beijando na rua – não um beijinho qualquer, mas um beijo indecente como tem que ser, que torna tudo em volta irrelevante – você inclusive. Se lhe bate uma saudade de um tempo que parece ter sido vivido antes de Cristo, se você sente uma fisgada na virilha e tem a impressão que um beijo assim é algo que jamais se repetirá em sua vida, se de certa forma este beijo que você assistiu lhe parece um ato de violência – porque lhe dói – então você está fora de combate, é um excluído.

A boa notícia: você não é um sem trabalho, sem estudo e sem comida – é apenas um sem-paixão. Sua exclusão pode ser temporária, não precisa ser fatal. Menos ponderação, menos acomodação, e olha só você atualizando sua carteirinha. O clube segue de portas abertas.

(Texto de Martha Medeiros – 07 de junho de 2004)
Enviado por: Claudia Cruz
Publicado por: Jefferson Amado

Read Full Post »

Não basta ser bonzinho, precisa mesmo é saber ajudar!

Conheço pessoas que falam que ajudam, mas será que são doadores de bondade mesmo ou só querem ir para o obá-obá para saírem em fotos, festas e depois dizem que estão ajudando?

Como será esta ajuda? Esta sendo uma ajuda de qualidade? No dia das crianças fez doação de brinquedos para os mais necessitados e nos outros dias do ano, o que ele fez? Basta doar sangue a 20 anos como eu ou é preciso fazer mais que isto? Será que estas pessoas doam suas roupas e objetos que não utiliza mais, as pessoas carentes?

Se você é daqueles, que só ajuda passando os outros passando frases feitas, correntes e só aparece em eventos para tirar fotos e depois dizer que sempre ajudou e que participa deste grupo de pessoas boazinhas. Acho que você precisa rever os seus conceitos meu amigo. Em minha opinião, ajudar o próximo e ajudar primeiros os seus familiares e amigos mais próximos, pois acredito que de nada adianta querer mudar o mundo sendo que os que estão ao seu lado estão precisando e necessitando de ajuda.

Voluntariado - Jefferson Amado

Voluntariado - Jefferson Amado

Um exemplo e que reúno pessoas para praticarem esportes, elas não sabem, mas isto os ajuda em sua saúde diária até que comecem a praticarem voluntariamente e não tenham problemas futuros. Comecei com esta idéia a muito tempo atrás e depois ela foi tomando forma até que se moldou e agora todos os meses reúno pessoas para prática de esportes que elas nunca teriam conhecido ou praticado. Mas só isto não bastava, eu queria ajudar muito mais e foi ai que comecei a ajudar entidades, organizações, ONGs… e só depois de muito tempo percebi que tudo isto teria que ser com qualidade foi ai que em um evento, No auditório do processo seletivo da ONG (www.voluntariado.org.br) que forma contadores de histórias em hospitais, uma senhora re-clama alto: “Que história é essa de fazer curso no sábado?

Não pode faltar, não pode isso, aquilo. E tudo para trabalhar de graça no final!” Passado o estranhamento inicial, percebi que era só uma voluntaria antiga, numa cena criada para fazer drama com o rigor da longa seleção. Brincadeira à parte, o fato é que ela tinha razão no qual eu e outros tantos estávamos pensando.

O que, afinal, reúne ali aquelas 200 pessoas, que poderiam estar dormindo, brincando com os filhos, fazendo uma pós, jogando basket, descendo de rapel, navegando no orkut, facebook, quem sabe? O que me faz acordar cedo num sábado de sol sem plantão para ver uma palestra sobre a morte em pleno Sábado de sol?

Agora que estou no meio da maratona, arrisco um balanço, uma brincadeira com os participantes. Não dá para negar que senti sono em muitas das ocasiões, certo terrorismo com as faltas e algumas dinâmicas sentimentais demais me fizeram pensar o que, afinal, eu fazia ali. Mas também tive lições valiosas e isto é uma das melhores coisas que tirei dos dias que passe junto destas pessoas.

Um dia um amigo próximo me perguntou, mas pra que você faz isto, não basta só ajudar? Preciso saber como ajudar. Pq? Falei pra ele o seguinte.

E se uma criança me pedir água? Penso: daria!? Pois um voluntário que fez isso atrapalhou o jejum para um exame. Se ela quiser saber sobre a doença? Não, o papel é dos médicos. E se não quiser histórias?

Por isto precisava me reciclar e percebi que estas crianças, na maioria das vezes voltam com injeções e cirurgias urgentes, é o único “não” que ela pode dar é para nós, voluntários, e merece respeito. É. Não basta aceitar um “exército de bonzinhos” que saiba lidar com situações delicadas. Sim, o treino é longo. Mas perdi um pouco da timidez, conheci obras de arte da literatura infantil, sai da rotina. O processo teve também um (bom) efeito colateral: manter a persistência. Entrar na ala infantil de um hospital de câncer pode ser assustador, ainda mais para quem só fez doações para crianças sem nenhum problema.

O receio de falhar vira mesmo vontade de desistir. Não há curso que prepare para isso, mas ai penso: “Estou há seis meses nessa para nada? Vou tentar mais”. Sigo tentando. E por, enquanto, estou gostando das experiências.

Quer começar nesta batalha de ajudar o próximo? Quer saber por onde começar?
Aqui vão algumas dicas.

– Pense no que quer fazer: há quem prefira tarefas relacionadas à sua profissão ou algo diferente. O importante é ter prazer.

– Leve em conta suas habilidades. De nada adianta ajudar numa oficina de artes se você não tem nenhum talento para a área. – Pense no público com o qual quer atuar. Se não se sentir preparado para interagir com crianças doentes ou moradores de rua, por exemplo, proponha um trabalho administrativo.

– Calcule de quanto tempo dispõe. Algumas ONGS exigem uma periodicidade enquanto outras têm ações mais pontuais.

– Em Paulo, é fundamental levar em conta o deslocamento até a ONG. Se for muito longo, pode desestimular o trabalho.

– Se não puder ir até o local, tente um trabalho a distância. Muitas organizações oferecem essa possibilidade.

– Se você já for um voluntário, seja constante. Se precisar faltar, avise com antecedência, não abandone o trabalho sem avisar aos responsáveis pela ONG. Se tiver algum problema, converse com eles antes de desistir.

– Se a ONG oferecer cursos de reciclagem para voluntários, tente comparecer

Saiba que uma andorinha faz verão sim, então comece a fazer sua parte nesta mudança pra melhor.
Eu faço parte do Centro de Voluntariado de São Paulo
 www.voluntariado.org.br

Jefferson Amado
www.MEADICIONA.com/JeffersonAmado

Read Full Post »

Jefferson Amado - Doação de Sangue

Sou doador de sangue a mais de 20 anos, um pouco antes de entrar no exercito brasileiro, onde servi na Policia do Exercito, ali no Paraíso.

Não como nos esportes, que a cada seis meses procuro outro esporte para praticar com meus amigos, na doação de sangue sigo firme, a cada 2 meses passo na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (http://www.santacasasp.org.br) para fazer meu pit-stop, pois descobri lá atrás ante desta modinha de ser uma pessoa BOA, que com gestos e atitudes  corretas como a doação de sangue que é um gesto de solidariedade e um ato voluntário e altruísta, que construiremos um futuro melhor para nós e para o nosso próximo.
Com a sua e com a minha doação, nós estamos ajudando a salvar vidas de várias pessoas. É verdade, quem doa sangue doa vida (Era o slogan da campanha do LEO – LIONS CLUB em 1986 em que participei). Faz bem também para você. Porque a satisfação de salvar vidas é a maior recompensa.
Doar sangue pode parecer algo comum, mas não é. Fiquei sabendo que no Brasil, menos de 2% da população doa sangue anualmente. Este número é inferior à recomendação da Organização Mundial da Saúde, segundo a qual as doações devem ser feitas por pelo menos 5% da população do país.
Sempre ouvi os mais velhos falarem que não é perigoso tomar leite com manga e não foi diferente com a doação de sangue, ela ainda fala que doar sangue não faz bem, que engrossa o sangue, que quem doa uma vez é obrigado a doar sempre, que isto que aquilo…
Saiba vovó, que doar sangue é um ato seguro, não vicia, não engorda, nem emagrece. A pessoa que deseja doar sangue deve receber algumas orientações antes de decidir pela sua doação.
Uma informação importante é que a doação não é um meio de se fazer o teste para AIDS ou outra doença, pois há um período entre a infecção e a sua identificação pelos exames laboratoriais, chamado de Janela Imunológica, que pode variar de semanas a meses dependendo do tipo de agente infeccioso.
Durante o período de janela imunológica os testes laboratoriais podem ainda ser negativos e o agente infeccioso pode ser transmitido através da transfusão de sangue.
Lembro-me de quando fiz minha tatuagem, única no corpo, tive que ficar UM LONGO ANO sem doar sangue, por motivos de segurança para quem receberia o meu sangue, isto pra mim foi uma eternidade…
Portanto, se você estiver em dúvida se pode ou não doar sangue, durante a entrevista você poderá conversar com o profissional da saúde e esclarecer suas dúvidas. Da sinceridade e consciência do doador pode depender a saúde de quem receberá a transfusão de sangue.
Então faça como eu, doe sangue e ajude uma vida.
Ah, vale lembrar que a foto acima em que estou doando sangue, foi tirada no dia do meu aniversário.
Quer presente mais gostoso do que este, se doar no dia em que todos estariam esperando um presente?
Eu acredito que uma andorinha faz verão e estou tentando fazer o verão de algumas pessoas.
Esta é uma da minhas PÍRULAS DA BONDADE, aguardem as próximas…
Jefferson Amado

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: